As atrações do Zimbábue oferecem contrastes incríveis

Enquanto os principais assuntos sobre o Zimbábue destacam os seus infortúnios econômicos e políticos, o fato é que o país ainda é um destino seguro e espetacular para safáris. Como todo mundo, somos contra o governo tirânico de Robert Mugabe e a situação do país é de partir o coração, mas isso não significa que devemos entregá-lo à sucata. O Zimbábue necessita de todo o turismo com o qual possa arcar e vai surpreender você com a sua infinidade de atrações.

Cataratas Vitória é o destaque, enquanto o Lago Kariba e suas famosas casas flutuantes também valem a visita. Desça o Rio Zambeze, passe pelas Cataratas, depois pelo Kariba e fique bem próximo da natureza e dos animais selvagens nas Mana Pools. E é claro que você pode fazer um safári tradicional no Parque Nacional Hwange, que conta com os Big Five e está novamente tornando-se uma das melhores áreas de selva da África.

Além disso, pouquíssimos turistas visitam o Zimbábue atualmente, o que significa que você pode ter todo o país para você! Os preços são razoáveis, os residentes são amigáveis, as ruas são seguras, ou seja, não há nada que impeça você de visitar o lugar. Visitamos o Zimbábue recentemente e podemos lhe indicar a melhor maneira de viajar pela região.

Informações gerais sobre o Zimbábue

Capital (e maior cidade): Harare
População: 13.349.001 (Janeiro de 2008)
Idioma oficial: Inglês (Shona e Ndebele são os principais idiomas locais)
Independência em 18 de abril de 1980
Presidente: Robert Mugabe
Primeiro Ministro: Morgan Tsvangirai
Área: 390.757 km²
Moeda: Dólar do Zimbábue
Fuso horário: GMT+2
Código de discagem: 263

Grande lar das pedras 
A palavra Zimbábue é derivada do ditado em shona que diz "Dzimba dza mabwe", o que significa "Grande lar das pedras". Essa é uma clara referência ao Grande Zimbábue, um amplo complexo de pedras que já foi capital do Império do Grande Zimbábue. Infelizmente, grande parte do país está devastada e arruinada devido aos infortúnios econômicos e a uma má liderança política. A maior parte da população do Zimbábue hoje vive na pobreza e existe uma crise de inflação com o dólar do Zimbábue, agora sem valor.

Para viajar para cá, talvez você precise de um pouco mais de planejamento do que para a maioria dos demais países, mas a recompensa será conhecer um país com poucos turistas, natureza abundante e alojamentos luxuosos espalhados por áreas de mata intocada. Atualmente, existe um novo governo de unidade nacional no Zimbábue, e esperamos que isso sinalize o início de uma nova e vibrante era. Existe uma grande abertura para mudanças, por isso recomendamos que você entre em contato com um consultor para obter informações mais atualizadas sobre a situação do país.

Dinheiro
O dólar do Zimbábue praticamente não tem valor e a maioria dos hotéis opera com moeda estrangeira. Recomendamos que você traga dólares americanos e rands sul-africanos. Essas moedas podem ser facilmente trocadas em hotéis e bancos. A maioria dos hotéis e lojas da Cataratas Vitória aceita dólares e rands. Converse com seu consultor sobre quanto levar e quais cartões de crédito funcionam.

Saúde
A malária é um risco em algumas áreas, incluindo as Cataratas Vitória. Não são exigidas vacinas para entrada. Antes de viajar, verifique com seu consultor a situação dessa doença.

Vamos planejar sua viagem

dos sonhos!

Consulte-nos agora e um de nossos especialistas de viagens entrará em contato com você nas próximas 24 horas.

Entre em contato

Conheça seus especialistas em safári africano

Conheça a equipe rhino
Classificação de viajantes do TripAdvisor