Informações gerais sobre o Singita


Todas as informações essenciais sobre os safáris do Singita


História do Singita

O patrimônio do Singita tem origem em 1925, quando James Fawcett Bailes comprou inicialmente um lote de terra intocada no Baixo Veld (a atual Reserva Sabi Sand). A propriedade foi mantida na família e o seu sonho de preservar um grande pedaço de terra e proteger a sua magnífica vida selvagem vem sendo concretizado até hoje.

No início da década de 1990, o neto de James Fawcett Bailes, o atual proprietário do Singita, comprometeu-se com a preservação do legado de seu avô. Usando fotografias aéreas de 1930, ele se empenhou em manter e restaurar a terra à sua condição original com a ajuda do ambientalista Dave Wright (que supervisionava a sua revitalização desde 1978). Ele também decidiu criar um alojamento de caça exclusivo, que oferecesse luxo insuperável e proporcionasse experiências da vida selvagem. Em 1993, o Ebony, o primeiro alojamento do Singita, abriu suas portas. Após o seu sucesso, a Singita criou mais quatro alojamentos de caça na África do Sul.

Nos últimos anos, a assinatura do Singita se estendeu além das fronteiras sul-africanas, alcançando a Tanzânia e o Zimbábue. As Reservas Singita Grumeti estão situadas no norte da Tanzânia, no Corredor Ocidental das Planícies do Serengueti - o patrimônio mundial n° 1 da África. A expansão mais recente do Singita foi o Pamushana Singita Lodge na Reserva Natural Malilangwe no Zimbábue onde - juntamente com a Grumeti Community e o Wildlife Conservation Fund - o empreendimento está apoiando uma ambiciosa iniciativa de traslado do rinoceronte-negro em risco de extinção.

O Singita assumiu o compromisso de fazer uma diferença sustentável junto às comunidades locais e de proteger o meio ambiente e a vida selvagem. Até agora, uma série de projetos bem-sucedidos têm sido concretizados como a construção de escolas, o microfinanciamento de pequenas empresas, o apoio às iniciativas agrícolas, assim como a formação de pessoas nos setores de preservação e hospitalidade. Muitos dos nossos clientes manifestam interesse em contribuir para essas iniciativas e facilitamos esse processo com gratidão.

Comunidade

O Singita estabeleceu um forte vínculo com as comunidades locais. Muitos funcionários vivem no local e são transportados diariamente nas idas e vindas às suas casas. A maioria deles é composta por ex-alunos das escolas da região, que contam com apoio do Singita. Consequentemente, o Singita se comprometeu a empreender projetos que capacitam a população local, utilizando os recursos que estão à sua disposição. Estes abrangem a disponibilização de financiamento, o acesso às reservas, a transmissão de conhecimento e a participação em projetos sociais. O Singita também administra deliberadamente os seus alojamentos de modo a maximizar os benefícios às comunidades locais, para que possam desfrutar dos efeitos positivos do ecoturismo.

Os hóspedes estão frequentemente interessados em saber mais sobre a cultura africana. Como resultado do envolvimento do Singita com a comunidade, tem sido possível torná-la ativa e positiva fazendo com que apresente avanços na melhoria da sua situação.

Preservação

Cada alojamento do Singita dispõe de equipes dedicadas, que têm como único objetivo preservar a terra, além de proteger e expandir a vida selvagem de modo a manter o número máximo de exemplares de espécies que uma área natural pode abrigar. Isto inclui a proteção ambiental e as unidades de combate à caça ilegal.

As equipes de guias são selecionadas de acordo com a sua paixão e conhecimento da mata, recebendo em seguida um alto nível de qualificação de seu chefe de treinamento e desenvolvimento, para garantir que os hóspedes tenham experiências ricas, educacionais e agradáveis durante sua estadia.

A Rhino Africa não oferece tarifas com desconto para o Singita. Entretanto, oferecemos pacotes promocionais quando disponíveis. Entre em contato com um de nossos consultores especializados hoje e vamos começar a planejar as férias de safári da sua vida.

O que os nossos clientes dizem sobre nós

Telefone-nos

Horários: Aberto Fechado
08:30 - 17:00 (GMT+2)
Grátis:

0808 238 0044

888 2156 556

1 800 447164

1 800 947168

1 844 8517 090

800 900 341

800 101 3310

080 045 2877

800 018 4895

0800 182 3211

0800 562 964

0800 295 105

0800 919 394

0800 721 24

800 260 73

0800 848 229

1 844 2867 643

9009 476 83

0018 005 11710

0800 444 6880

018 0051 81669

0800 7618 612

800 827 648

Número local:

+27 21 469 2600