Zululândia e os campos de batalha


gallery

Dos zulus até os bôeres e os britânicos


A história da Zululândia é de conflitos, conquistas, sangue e batalhas, guerra e armas. O reino de Zulu floresceu com seu mais famoso rei, Shaka, e conquistou a maioria das tribos vizinhas. Os zulus entraram em conflito com os britânicos e bôeres, que estavam decidos a ganhar controle do interior e de consolidar sua superioridade sobre as tribos. Os bôeres e britânicos também travaram combate pelo controle do país. Uma das batalhas memoráveis ocorreu em Spionkop, parte integrante da maioria dos passeios pela região.

É possível visitar os campos de batalha em um passeio orientado por guias bem-informados, que o auxiliarão a reviver as lutas sangrentas em detalhes visuais e emotivos. Visite o local da Batalha do Rio de Sangue, onde os bôeres massacraram os zulus com tanto vigor que o vizinho rio Ncome se tingiu do sangue vermelho destes. Em seguida, aprenda sobre o conflito anglo-zulu, visitando Isandlwana e Rorke's Drift, onde o exército britânico, num único dia, sofreu sua pior derrota e, posteriormente, sua maior vitória.

Em 22 de janeiro de 1879, Cetshwayo e 20.000 dos seus guerreiros, adotando a clássica formação de peito e chifres de búfalo de Shaka, atacaram e derrotaram o exército de lorde Chelmsford, em Isandlwana. Muitos dos soldados britânicos fugiram para Rorkes Drift, onde alertaram a missão sobre o iminente ataque dos zulus. O contingente britânico em Rorkes Drift consistia em apenas 141 soldados, dos quais 35 estavam convalescendo. Ao erguer barricadas feitas de sacos de farinha e caixas de biscoitos, eles conseguiram lutar por 12 horas, até que os zulus fugissem. Nessa batalha, foram concedidas mais Cruzes Vitória a soldados britânicos do que em qualquer outra.

Nota: somos especialistas em campos de batalha e podemos ajudá-lo a planejar um itinerário que se adéque às suas necessidades. Consultar agora para planejar sua viagem personalizada!

O que os nossos clientes dizem sobre nós

Telefone-nos

Horários: Aberto Fechado
08:30 - 17:00 (GMT+2)
Grátis:

0808 238 0044

888 2156 556

1 800 447164

1 800 947168

1 844 8517 090

800 900 341

800 101 3310

080 045 2877

800 018 4895

0800 182 3211

0800 562 964

0800 295 105

0800 919 394

0800 721 24

800 260 73

0800 848 229

1 844 2867 643

9009 476 83

0018 005 11710

0800 444 6880

018 0051 81937

0800 7618 612

800 827 648

Número local:

+27 21 469 2600